Parceria entre GDF e moradores de Taguatinga resolve problemas recorrentes na região | Foto: Paulo H. Carvalho / Agência Brasília

Servidores da Administração Regional trabalharam em tempo recorde para fechar uma cratera de 1,5 metros – atrás do Parque do Cortado – depois que moradores de Taguatinga avisaram ao órgão da existência do buraco.

O professor João Pedro Correa, 27 anos, mora em um prédio próximo ao ponto em que a cratera causava transtornos. Ele conta que não era apenas aquele buraco que incomodava os moradores e usuários da via. “Tinham outros por aqui e que também foram fechados. São serviços que precisam ser feitos constantemente para não danificar os carros ou até mesmo causar acidentes mais graves”, comenta João.

O administrador regional de Taguatinga, bispo Renato Andrade, explica que a cratera poderia não só danificar os veículos, mas também causar acidentes. “Um morador nos acionou em um dia e, no outro, nós já iniciamos o trabalho, que foi concluído em dois dias. A participação dos moradores e de líderes comunitários é de extrema importância para melhorar a qualidade de vida da população”, reforça.

Atenta ao período de chuvas intensas, a administração regional, desde o mês passado, faz rondas diárias para solucionar essas demandas da comunidade local. Por dia, são cerca de nove toneladas de massa asfáltica, cedidas pela Companhia Urbanizadora da Nova Capital (Novacap), aplicadas no fechamento de buracos.

Trabalho de recuperação asfáltica será levado a todos os cantos da cidade | Foto: Paulo H. Carvalho / Agência Brasília

Pela cidade

A operação tapa-buraco começou pela QNL e, em seguida, pelas regiões próximas ao Parque do Cortado. A equipe composta por oito funcionários da Administração Regional de Taguatinga trabalha na Praça do Bicalho desde ontem (quinta, 7).

 

* Colaborou Ian Ferraz

Galeria de Fotos

Fechada cratera em Taguatinga

Fonte: Agência Brasilia