O resultado do Programa de Concessão de Bolsas de Estudos junto ao Centro de Ensino Universitário do DF (UDF) para os candidatos da sociedade civil foi publicado hoje (23/12) no Diário Oficial do DF. As bolsas são para início dos estudos a partir do primeiro semestre de 2021.

Dos quase 1,4 mil acessos à plataforma de inscrição, 27 foram contempladas por preencherem os requisitos. Ou seja, são alunos egressos da rede pública de ensino do DF com comprovada hipossuficiência de renda e obtiveram média de 500 pontos na última edição do Enem. Todos os beneficiados poderão realizar o vestibular para o curso que requereram a bolsa de estudo e depois fazer sua matrícula na instituição para usufruir do benefício.

Alunos da rede pública terão uma nova oportunidade a partir da formação profissional por meio deste programa. É uma iniciativa que garantirá um futuro mais próspero a todos os contempladosAndré Clemente, secretário de Economia do DF

Também foi publicado no DODF o resultado provisório do mesmo processo seletivo para os candidatos que concorreram como servidores e empregados públicos do GDF. Dos 776 servidores que iniciaram o processo de inscrição, 298 candidatos concluíram a apresentaram os documentos. A contar da publicação no DODF de hoje, os candidatos têm cinco dias úteis para apresentar os recursos.

Após a análise de todos os processos pela comissão, será publicado o resultado final da seleção dos servidores e empregados públicos do GDF. Os beneficiados também poderão realizar o vestibular para o curso que requereram a bolsa de estudo e depois fazer sua matrícula na instituição para usufruir do benefício.

Tanto para a sociedade civil quanto para os servidores e empregados públicos, Direito foi curso que recebeu mais pedidos de inscrição.

A presidente da Comissão do Programa de Seleção das Bolsas de Estudo da Secretaria de Economia, Carolina Oliveira, destaca a importância da iniciativa. “O programa contribui para a formação de jovens e a capacitação dos servidores e empregados públicos. Como resultados a longo prazo, esperamos o incremento na qualidade de vida dos beneficiados e o a melhoria nas atividades desenvolvidas pelos agentes públicos, que se converte em benefícios para toda a sociedade”, afirmou.

Escola de Governo

Para o primeiro semestre letivo de 2021, o UDF destinou 135 vagas ao programa. O número equivale a 10% das vagas abertas nos cursos pela instituição, entre todos os cursos e turnos oferecidos. A gestão do Programa de Seleção das Bolsas de Estudo é realizada pela Escola de Governo do Distrito Federal, entidade sob supervisão da Secretaria Executiva de Valorização e Qualidade de Vida da Secretaria de Economia.

O programa existe desde o final da década de 60 e vem sendo aprimorado a cada edição, a fim de garantir oportunidade de acesso totalmente gratuito ao Ensino Superior.

Para mais informações sobre o Programa de Bolsas de Estudos da Secretaria de Economia, acesse o link: http://egov.df.gov.br/bolsa-udf/.

*Com informações da Secretaria de Economia

Fonte: Agência Brasilia