Em uma visita à Igreja Batista Brookland na Columbia, Carolina do Sul, a primeira-dama Jill Biden conta que se sentiu tão traída que nem conseguia orar quando Deus não respondeu sua última oração desesperada antes da morte de seu enteado, Beau Biden, vítima de câncer cerebral em 2015.

“Sempre foi uma parte importante de quem eu sou. Escolhi na adolescência quando me apaixonei pela paz do banco de madeira, pela alegria do coro, e pela profunda sabedoria dos Evangelhos. A oração é especialmente uma maneira de me conectar com as pessoas que amo e com o mundo ao meu redor. Mas em 2015, minha foi abalada”, ela compartilhou ao falar de sua fé.

Em maio de 2015, Joseph “Beau” Biden III, ex-procurador-geral de Delaware e filho mais velho do então vice-presidente Joe Biden, perdeu sua luta contra o câncer cerebral aos 46 anos.

“Por mais de um ano, vi meu filho corajoso, forte, engraçado, brilhante e jovem lutar contra o câncer cerebral: quimioterapia, operação após operação, perda de peso. Ainda assim, nunca perdi a esperança. Como mãe, não podemos”, disse ela.

Jill conta que enquanto estavam louvando, ela tinha que ser forte pelos meus filhos e pelo meu marido. Mas acima de tudo, para Beau, porque, no meio de tudo, ele estava sendo forte. Então apesar do que o médico disse, ela acreditava que seu filho conseguiria e nos últimos dias, ela fez uma última oração desesperada, que ficou sem resposta.

“Depois que Beau morreu, eu me senti traída pela minha fé, quebrada. Sabe, meu próprio pastor escrevia e-mails ocasionalmente, me convidando de volta para os cultos. Mas eu não podia ir. Eu nem conseguia orar. Eu me perguntava se eu sentiria alegria novamente”, continuou ela.

De acordo com The Christian Post, enquanto seu marido fazia campanha para se tornar o próximo presidente dos Estados Unidos em 2019, o percurso os levou à Igreja Batista de Brookland, foi quando Jill Biden sentiu que Deus falou com ela.

“Naquele momento, senti pela primeira vez que havia um caminho para recuperar minha fé. O livro dos hebreus diz: “Portanto, acheguemo-nos com toda a confiança ao trono da graça, para que recebamos misericórdia e encontremos o poder que nos socorre no momento da necessidade”. Não podemos nos curar sozinhos, mas, com Deus, todas as coisas são possíveis”, disse Biden.



Source link

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here