O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), autorizou nesta terça-feira (14), que o deputado federal Daniel Silveira (PSL-RJ) deixe temporariamente a prisão para realizar um exame de ressonância magnética.

O parlamentar precisa fazer o procedimento devido a uma lesão no joelho.

Silveira deverá ser escoltado pela Polícia Federal (PF) e precisa retornar ao cárcere assim que o exame for concluído, de acordo com a decisão do ministro.

As informações são do colunista Guilherme Amado, do portal Metrópoles.

A decisão foi para atender a defesa do deputado depois que uma unidade prisional do Rio de janeiro disse que Silveira apresentava sinais clínicos de lesão em um osso e em um ligamento, o que pode acarretar na necessidade de uma cirurgia.



Source link

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here