De acordo com um relatório, autoridades dos Estados Unidos descobriram meninas afegãs apresentadas como esposas de homens muito mais velhos, algumas delas disseram que foram obrigadas a casar com homens mais velhos que a estupraram.

Intitulado “Força-Tarefa do Afeganistão SitRep No. 63”, o documento afirma: “A equipe de admissão em Fort McCoy relatou vários casos de mulheres menores que se apresentaram como ‘casadas’ com homens adultos afegãos, bem como famílias poligâmicas. O Departamento de Estado solicitou orientação urgente.”

De acordo com um telegrama diplomático enviado por autoridades americanas nos EUA para Washington, muitas garotas na Cidade Humanitária de Abu Dhabi alegaram ter sido abusadas sexualmente por seus “maridos”. Alejandro Mayorkas, secretário de Segurança Interna, disse que os EUA esperam admitir pelo menos 50.000 afegãos, e provavelmente milhares mais.

Segundo The Christian Post, quando os afegãos chegam ao Aeroporto Internacional de Dulles, na Virgínia, ou ao Aeroporto Internacional da Filadélfia, na Pensilvânia, EUA,  eles são transportados para uma das oito bases militares em todo o país.

Entre os milhares que chegaram aos EUA, cerca de 10.000 foram marcados para uma triagem adicional de segurança, e destes, 100 foram marcados por “possíveis laços com o Talibã ou grupos terroristas”. Dois destes 100 foram enviados para fora do país para o Kosovo para uma revisão adicional de segurança.



Source link

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here