Nesta terça-feira (7), o sudoeste do México, região de Acapulco, sofreu um terremoto de magnitude 7, deixando um homem morto, esmagado por um poste e dezenas de danos a edifícios.

O epicentro foi a cerca de 18 km da cidade que é conhecida como um dos pontos turísticos mais famosos do país. O tremor derrubou árvores e causou deslizamentos de rochas nas estradas. O fornecimento de energia foi interrompido em vários locais.

Além disso, a torre de controle de um aeroporto ficou danificada, um hospital que atendia pacientes com Covid-19 ficou rachado, hotéis da região registraram vazamentos de gás. Apesar dos danos materiais, as autoridades consideraram que não houve grande destruição.

Na capital do México, a 370 km da capital, moradores correram para fora de suas casas quando sentiram os primeiros tremores. Em Acapulco as pessoas também se reuniram nas ruas. Houve tremores secundários, de acordo com a Folha.

Falta de energia elétrica

O Serviço Sismológico Nacional do México registrou quase cem abalos menores. As luzes se apagaram e as pessoas foram para as ruas debaixo de chuva com seus pijamas, tentando proteger as crianças e animais de estimação, contou testemunhas.

Pelo menos 1,6 milhão de cidadãos tiveram o fornecimento de energia elétrica afetado na Cidade do México e nos estados de Guerrero, Morelos e Oaxaca.



Source link

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here