A deputada federal Carla Zambelli (PSL-SP) deverá se apresentar à Polícia Federal para depor, anunciou ela nas redes sociais. A deputada foi intimada pelo ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF).

A oitiva deve ocorrer até amanhã, dia 5 de setembro, quando ela irá prestar esclarecimentos dentro do famigerado inquérito das “fake news”, que investiga criticas de conservadores aos integrantes do Supremo.

Zambelli afirmou que em respeito a PF deverá comparecer ao depoimento mesmo sem ter acesso aos autos. “É certo que, para mim, o mar ficará agitado após essa oitiva, mas nada impedirá que eu mantenha minhas convicções e acredite naquilo que sempre defendi”, disse Zambelli por meio de nota.

Injustiça

A escalada de atos de injustiça que partem do ministro, que tem sido acusado por juristas de desrespeitar a Constituição, tem gerado muita preocupação para líderes evangélicos, políticos, jornalistas e para grande parte da sociedade.

O ministro tem sido alvo de críticas, assim como os demais integrantes do Supremo, que atuam frequentemente para livrar criminosos da prisão, como aconteceu no caso do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Os atos dos integrantes da principal instituição do Poder Judiciário lembram o alerta de Deuteronômio 16:19, que diz: “Não pervertam a justiça nem mostrem parcialidade. Não aceitem suborno, pois o suborno cega até os sábios e prejudica a causa dos justos”.



Source link

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here