Gleidson Acácio dos Santos, conhecido como o “faraó dos bitcons”, foi preso na semana passada acusado num esquema de pirâmide financeira com criptomoedas.

O dono da GAS Consultoria Bitcoin, fez cerca de R$ 29 milhões de transferências à Igreja Universal entre 2018 e 2020.

Os dados acima foram levantados pela Receita Federal, de acordo com o jornal O Globo.

Contudo, a igreja afirmou que recebeu doações ainda mais altas, de R$ 72,3 milhões, entre 4 de maio de 2020 a 12 de julho de 2021.

A Igreja Universal já entrou com uma ação judicial para adiantar as provas, pois teme ser “envolvida em crimes que não praticou, pelo simples fato de ter recebido, de boa-”.



Source link

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here