Em 2022, uma nova versão da animação infantil “A Família Radical”, em português, irá estrear com versão LGBT da Disney+ defende, incluindo um casal do mesmo sexo como pais da protagonista.

Após um espaço de mais de uma década a Disney anunciou que irá reiniciar a série de desenho “The Proud Family”, adicionando personagens que possam servir de parâmetro para a adoção homoparental.

“Nova equipe chegando à #TheProudFamily: #LouderandProuder! Conheça os pais de Maya, Barry e Randall Leibowitz-Jenkins, com voz de Zachary Quinto e Billy Porter”, comunicou a Diney no Twitter.

Os dois atores, intérpretes dos personagens são conhecidos por sua militância LGBTQ.

O desenho foi exibido no Disney Channel de 2001 a 2005, e será relançado em 2022, apresentando os personagens homossexuais como pais.

Igreja de Cristo em alerta para proteger as crianças

Há anos a empresa cinematográfica vem incluindo personagens para elevar a bandeira progressista nos conteúdos infantis.

No entanto, pastores e líderes cristãos fazem alerta para as igrejas. O The Christian Post informou que o pastor John MacArthur expressou ser contra a nova criação da Disney Corporation.

Para ele, a inclusão de personagens trans, por exemplo, é uma forma da indústria de entretenimento para destruir as crianças e atraí-las para coisas inapropriadas, tornando-as natural.

“As crianças estão sob o ataque implacável de todas as forças do mal e estão indefesas. E nós temos uma sociedade e uma cultura que quer ter a certeza de que aqueles que estão bombeando essa destruição são livres para continuar fazendo isso sem restrições”, disse MacArthur.

Ano passado a Disney e o seu estúdio de animação Pixar Lançaram o longa-metragem “Dois irmãos: Uma Jornada Fantástica”, que incluía uma personagem lésbica, assim como outras produções infantis.



Source link

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here