O pedido veio da preocupação do contato entre os enfermos nas unidades básicas de saúde durante vacinação contra a covid-19

O vice-presidente da Câmara Legislativa, deputado Delmasso (Republicanos) enviou o ofício 19/2021 ao Secretário de Estado de Saúde, Onei Okumoto, sugerindo a instalação de postos de vacinação itinerante nas cidades satélites e entorno, com o objetivo de desafogar a demanda das unidades básicas de saúde (UBS).

Segundo o que consta no ofícil de Delmasso, as UBS’s atendem, na atualidade, quantidades além de suas capacidades. Durante a vacinação contra o novo coronavírus, os postos de saúde devem receber milhares de moradores para serem vacinados, mesmo que não estejam necessariamente doentes.

Com isso, haverá superlotação entre enfermos e aquele que somente se dirigiram às unidades para tomarem vacina. Essa situação poderia ocaisionar uma série de problemas sanitários nas cidades. O ofício de Delmasso prevê a situação e cobra uma medida da Secretaria de Saúde.

O deputado exemplificou seu pedido com a UBS 12 de Ceilândia, que tem capacidade para atender 40 mil pessoas, mas que só no Sol Nascente há mais de 90 mil moradores que são resguardados por essa UBS. Durante a vacinação, esta unidade não somente ficará superlotada, como dificilmente conseguiria cumprir com o plano de vacinação estabelecido.









Source link

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here