O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), recebeu nesta quinta-feira (6), um documento com uma lista de sites que estariam, de forma articulada, divulgando “fake news” sobre a pandemia de covid-19.

A tal lista foi enviada pelo deputado Fausto Pinatto (PP-SP), que afirma que os sites também são investigados no “inquérito dos atos antidemocráticos”, que tem relatoria do ministro da Corte.

Moraes é criticado por conduzir o inquérito que, supostamente, busca apurar a organização e financiamento de protestos contra os integrantes da Supremo.

Diversos sites, de maneira organizada e aparentemente planejada, tem se articulado para atingir a honra e a dignidade deste Supremo Tribunal Federal e de seus Ministros, atingindo assim o equilíbrio entre os poderes e a democracia”, disse o advogado Sidney Duran Gonçalez no documento que contém a lista.

Ele também acusa os sites de ter “claro perfil negocionista” e diz que eles estariam “divulgando massivamente informações inverídicas quanto ao combate a pandemia”.

“Também faz-se nítido que estes sites possuem um claro perfil negacionista em relação à ciência, divulgando massivamente informações inverídicas quanto ao combate a pandemia”, continuou.



Source link

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here