O secretário de transporte e mobilidade do DF, Valter Casimiro, assinou nesta sexta-feira (7), contrato com a empresa Tembici (MI Transportes Sustentáveis Ltda), cadastrada e habilitada no chamamento público para a implantação, operação e manutenção do Sistema de Bicicletas Públicas Compartilhadas no Distrito Federal. Com o contrato firmado, a empresa dará início à implantação das estações de bicicletas.

O sistema de aluguel terá planos para atender diferentes perfis de uso | Foto: Divulgação/Semob

De acordo com a parceria, a oferta total é de 500 bicicletas e a expectativa é que a empresa amplie a operação das bikes para as demais regiões.

As bicicletas compartilhadas ficarão disponíveis nos locais com maior demanda de usuários, de forma a integrar os deslocamentos dos pedestres com o transporte coletivo. O sistema será uma alternativa de transporte e mobilidade para a população.

Cadastro para utilização

– Feito via aplicativo do sistema no próprio momento do uso ou antecipadamente;
– Recursos do aplicativo: compra de planos; liberação de bicicletas por meio de geração de código; uso de geolocalização que informa o número de bicicletas disponíveis para empréstimo, número de vagas disponíveis para devolução e mapa com locais de retirada e devolução).

Estações

– Funcionamento 24h por dia;
– Possuem tecnologia para resistir a intempéries e vandalismo;
– Endereços definidos conforme estudos sobre a rede cicloviária, infraestrutura de transportes, equipamentos públicos, distribuição de comércio, serviços e atividades e dinâmicas urbanas.

Modelo tarifário previsto

O sistema contará com planos que atendem diferentes perfis de uso e todos poderão ser adquiridos via aplicativo no momento de uso ou antecipadamente. O tempo de uso do plano pode variar de 30 minutos (plano avulso) a 2 horas (plano lazer) a depender do perfil de plano escolhido. Os valores podem sofrer alterações a depender, por exemplo, da combinação de modalidade de planos disponibilizada. Novos planos poderão ser criados, com base em pesquisa de mercado, para atender melhor às necessidades e preferências dos usuários.

*Com informações da Semob



Source link

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here